Busca

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Poesia de Lucinda



Linda poesia de Lucinda...

E ala fala de dentro da alma…..
EU TERRA
Eu e o sol,
eu e a lua,
eu o dia,
eu a noite....

*****

Toque de leve em "Leia Mais" e lei a Poesia de Lucinda...


*****

Poesia de Lucinda

EU TERRA
Eu e o sol,
eu e a lua,
eu o dia,
eu a noite.
Fases entre fases,
quarto minguante,
guardando segredos
de tantas tristezas.
Mas, no meio de uma noite,
luz brilha na madrugada escura,
nuvens cheias de pontos luminosos,
E cai a chuva, os pingos parecem
cristais azulados,
num mundo cansado,
matas secas, antes incendiadas,
tornam o céu avermelhado.
Eu e o sol,
eu me derreto feito gelo,
suo diante do medo do homem,
de não saber onde a vida se perdeu,
em que instante, onde eu terra, me encolho,
não há vislumbre de um belo futuro.
Eu e o sol
que esturrica o meu chão,
ferida de morte,
onde antes respiravam plantas, animais
Eu e a lua
que brilha por vezes no alto dos céus,
fazendo-me lembrar que um dia estávamos
unidas e perambulávamos longe,
entre outros astros que compõem o universo
Eu o dia, eu a noite
Sol e lua me enfeitam
e me faz querer ser mais vida
e cantar uma melodia
de Amor e de poesia
Onde há de nascerem belos e suntuosos
jardins que lembram o Paraíso que já fui
e que talvez, um dia, volte a ser...

(03/10/2016)

Raimunda Lucinda Martins





Nenhum comentário: