Busca

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

O que é felicidade?


Crônica do amanhecer

Hélcio Silva

(21 / 11 / 2016)

O dia amanhece e um pássaro pousado na árvore sem cantar! Estaria ele sem a pilha da felicidade?

Ou o silêncio da tristeza o fez pousar calado?

Os pássaros também ficam tristes.

A tristeza não é só da alma humana.

Quem poderia definir o que é felicidade?

Dizem os dicionários: é o estado de estar feliz, uma consciência satisfeita, contentamento, bem-estar.

Tudo bem: e a raiz que sustenta esses sentimentos de felicidades para que sejam permanentes, não apenas um estado de tempo passageiro?

Ver o dicionário definir tão preciso o que venha ser felicidade é muito fácil: nota 10 na prova.

Saber o que é realmente a felicidade é complicado.

A tristeza mata a felicidade? A ingratidão destrói a felicidade?

Não sei..., mas parece que sim!

Saí por aí perguntando, pesquisando... Ninguém me disse, com precisão, o que é felicidade...

Li poesias! Lindos poemas sobre felicidade revelados por almas poéticas que não eram felizes...

Fui à página da Angelita. Pelo que li, trata-se de uma psicóloga...

Os psicólogos pensam que sabem tudo sobre a gente, nossos comportamentos, nossas atitudes... Mas não mais se dedicam aos estudos sobre a alma, onde, realmente, está a fonte de tudo.

E a própria Angelita vai perguntando:

O que torna alguém feliz?

É possível ser feliz 24hs por dia?

Ser feliz é o mesmo que ser alegre?

Alguns psicólogos esforçam-se - diz Angelita - por tentar responder a essas e a muitas outras perguntas, e eu me incluo entre eles. Pouco se sabe sobre a felicidade. Ao contrário, durante muito tempo era muito mais fácil encontrarmos em abundância páginas e páginas de estudos sobre a infelicidade, a dor, a tristeza e todo tipo de experiência que consideramos ser responsável pela infelicidade.

Fim da Angelita. Não fui mais adiante na leitura do texto da nossa querida Angelita...

Pelo pouco lido, há muita coisa causando infelicidade...

É mais fácil causar infelicidade que promover felicidade.

E o que quero agora é encontrar a semente que produz a flor da felicidade mais duradoura..., permanente!

Nenhum comentário: