Busca

domingo, 18 de dezembro de 2016

Coluna do Jersan




JOÃO CASTELO, LEMBRANÇAS ETERNAS


O falecimento do deputado federal João Castelo, ex-governador, senador e prefeito de São Luís, pelo seu trabalho, respeito e solidariedade ao povo humilde; pela forma educada e respeitosa no convívio com os amigos, o amor à Dona Gardênia e aos filhos, com certeza será lembrado eternamente. Durante o velório e nos momentos que precederam o sepultamento, na última segunda feira-feira, no Parque da Saudade – Vinhais, políticos como o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, o governador Flávio Dino, vice-governador Carlos Brandão, senador Roberto Rocha, ex-presidente José Sarney, ministro Sarney Filho, entre outros, deram seus testemunhos públicos e enalteceram o legado que Castelo nos deixa como político e administrador arrojado, dinâmico e sério.

“João Castelo foi o político mais humano e amigo dos pobres que o Maranhão testemunhou” – afirmaram à beira do túmulo – pessoas humildes do povo, com emoção. Quem assistiu ao sepultamento ouviu revelações como esta e o lamento dos amigos. Expressões mais significativas porque vinham do coração. Nada protocolar. O sentimento de dor e de saudade foi expresso pelos que sempre apoiaram João Castelo, em qualquer situação por reconhecer nele um político bem intencionado que, como dizia sempre, “cuidar das pessoas é o meu maior objetivo”.   

Obras importantes como o sistema de abastecimento de água Italuís, estádio Castelão, conjuntos residenciais Maiobão e Cidade Operária, conclusão da Ponte Bandeira Tribuzzi, Bom Preço, postos de saúde e escolas construídas em todos os municípios maranhenses, fomentaram postos de trabalho no Estado e na capital. Milhares de maranhenses tiveram a oportunidade e passaram a compor o quadro de servidores públicos; empresas de construção civil foram obrigadas a contratar mão de obra especializada e o Maranhão se desenvolveu. Castelo, então, foi considerado o governante “tocador de obras e fomentador do progresso”. Quando ainda vivo era questionado por adversários. Agora, até eles reconhecem a grande importância de João Castelo no cenário político e administrativo do Estado.

Lamenta-se, hoje, o falecimento de Castelo. Ontem (sábado), foi celebrada a Missa de Sétimo Dia, na Catedral da Sé com a participação de Dona Gardênia e dos filhos Gardeninha e Joãozinho, além de outros familiares e admiradores. Todos sabem que não haverá retorno, mas, há a esperança em outra vida num plano superior. Ele será lembrado, sempre, como cidadão do bem, amigo leal, pai de família exemplar, solidário com o sofrimento dos menos favorecidos aos quais dava atenção especial, honesto nas suas posições, convicto e coerente nas decisões assumidas.

Particularmente, tive o prazer de conhecer melhor João Castelo em 1983, há quase um ano após de ele ter deixado o Governo. Era senador e sócio do Jornal de Hoje que tinha como fundador o jornalista Cordeiro Filho. Fui convidado por eles para dirigir a redação do referido jornal que passaria a ter uma linha de independência com relação à política local e nacional. Aceitei o desafio e ele foi a primeira liderança alinhada ao sarneysismo a romper. Foi para a oposição e nela militou até os seus últimos dias de vida. 

Com coragem e determinação, enfrentou os poderosos, mas, não recuou. Era um homem de fibra, de caráter e, sobretudo solidário com as causas dos mais fracos. João Castelo jamais será esquecido, por tudo que fez de bom ao Maranhão e ao seu povo, que o agradecerá sempre! Resta-nos solidarizar com a família neste momento de dor e saudade, do qual compartilhamos. Fica com Deus. Quanto aos teus amigos e familiares, seguirão o que diz Milton Nascimento em sua canção: “Amigo é coisa pra se guardar no lado esquerdo do peito!”

DIPLOMAÇÃO
O prefeito e a vice-prefeita eleitos no último dia 2 de outubro, em São João Batista, respectivamente, João Dominici e Mayara Pinheiro, além dos 11 (onze) vereadores do município foram diplomados na quinta-feira (15), no Centro de Convenções João Furtado Dominici, em solenidade presidida pelo juiz da Comarca. Líderes políticos e comunitários e muitos simpatizantes e eleitores dos políticos que assumirão as rédeas da administração em São João Batista, prestigiaram a diplomação dos eleitos que representam a esperança de melhores dias para o município. Parabéns!

EM AXIXÁ
O meu amigo Cesar Rios, através da coluna saúda a prefeita eleita Sonia Campos Oliveira e o seu vice, Claudemir Dias e aos vereadores do município, igualmente diplomados no último dia 14, em solenidade bastante concorrida. Cesar acredita que Sonia fará um grande trabalho em benefício da cidade de Axixá e do seu povo. Parabéns!

GRANA REPATRIADA
O governo federal deverá autorizar o repasse da diferença que falta do dinheiro repatriado dos paraísos fiscais, a estados e municípios, antes do dia 30 de dezembro. Para os prefeitos que estão deixando o cargo, só terá duas saídas: deixar para o sucessor aplicá-lo em obras e outros débitos da prefeitura ou sair com ela (a grana) no bolso, porque não haverá tempo para programar nada. Os promotores, por dever de ofício, devem está atentos a isso.

CONFRATERNIZAÇÃO
A “turma do bem e da paz” que nos fins de semana se reúne na churrascaria do Roberto, na Curva do 90, se confraternizou ontem, conforme havíamos noticiado na última coluna. O advogado José de Fátima Feitosa veio de Santa Inês para participar da festiva reunião, regada a muito papo, cervejas e tira-gosto.

UMA PERGUNTA

E para encerrar uma pergunta que não ofende: será que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva vai passar as festas de final de ano em São Paulo ou em Curitiba?...

Nenhum comentário: