Busca

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Um Poema de Anaíra


O CORAÇÃO DA HUMANIDADE

Se todos os Músicos calassem seus instrumentos.
Se todos os Poetas calassem suas canetas.
Se todos os Pintores calassem seus pincéis.
Se os dançarinos calassem seus corpos.
Se os escultores calassem suas mãos.
Se todos os Artistas se calassem.
Por um minuto
Por uma hora
Por um dia
Por um ano
Por um século
Reinaria o silêncio.
Reinaria o frio silêncio.
Reinaria o frio silêncio racional.
Nesse dia a humanidade morreria...
Pois a arte é o coração da humanidade.
Se o coração parar...
Não há vida.

(Anaira Mafeoli)


Um comentário:

Anaira Mafeoli disse...

Muito feliz em participar do seu blog, querido Amigo Helcio Silva, muito obrigada.