Busca

sábado, 19 de maio de 2018

É poema! Tão lindo! Põe música... É do Mhario... Um lincolnista que sonha poesia!

DIGITE UMA MENSAGEM.
(ou) digite uma mensagem...


(*) Mhario Lincoln

Desejo-te por seres única
O que me atrai em ti é o todo
Deixe-me cingir-lhe a túnica
E libertar-me de meu lodo.

Pulula o egoísmo em mim, por ti
Por nada te quero trocar
Ciúme e raiva, não posso fingir

A paixão insiste em não querer amar!
A paixão insiste em não querer amar!
A paixão insiste em não querer amar!

Tens um vulcão ardente no peito
És excitante no meu tom perfeito
Mas não és só minha, eis o defeito!

Ainda assim, teu magma me volta
E a paixão, leve, desgarra e se solta...
E eu, correndo atrás, engulo a revolta!

Vou pedir o sequestro do vento.
Sorrateiro, ele vem roubando teu cheiro,
Causando-me destruição por inteiro.

E ao fim, o vento
negocia teu perfume por tostões de saudade.
Solitário, fico eu. Isso é inconcebível maldade.

E assim, digito fim,
mas algo, no todo, me faz dispersar...
Fim da conversa. Mas fica tua imagem.

O Messenger soa o alarme:
Digite uma mensagem...
Digite uma mensagem...
Digite uma mensagem...

Nenhum comentário: