Busca

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Uma crônica da cidade


Crônica da cidade


Hélcio Silva

(12 /07 / 2018)

A manhãzinha cinzenta fecha as portas da madrugada...
Logo vem o Sol nascente afastando a cor cinza, e brotando na ilha uma cor brilhante.
A Ilha se deslumbra!
Sua pujante natureza é fascinante!
Os mares que cercam Upaon-Açu se agitam em ondas que brilham...
Sorriem para o Sol entrante!
O Rei Sol abre seu leque luminoso por toda cidade...
Assim é a manhã do seu amanhecer!
Acordando os encantos da Ilha grande...
Com suas histórias e lendas...
Seus cantos dos orixás!
Nesta terra de poetas, de muitos poetas!...
De raízes tupinambás!

Nenhum comentário: