Busca

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Em Curitiba, equipes da FAS intensificam busca ativa de pessoas na rua nesta semana de frio intenso


Com a previsão de frio intenso em Curitiba durante esta semana, as equipes de abordagem social da Fundação de Ação Social (FAS), que estão desde o começo de junho participando da Operação Inverno, vão intensificar as saídas para a busca ativa de pessoas em situação de rua e em perigo nas vias públicas da cidade.
Neste ano, além das equipes de abordagem social – que percorrem a cidade em pontos previamente mapeados, de alta concentração de moradores de rua –, são sete unidades oficiais da Prefeitura de Curitiba e outras seis instituições conveniadas que ofertam o serviço de acolhimento e albergagem (alimentação, higiene, doação de roupas e pernoite). “Temos mais de mil vagas disponíveis para todas as noites e espaços que poderão ser utilizados de maneira imediata em caso de emergência”, diz a presidente da FAS, Marcia Oleskovicz Fruet.

Segundo ela, é imprescindível que qualquer situação de risco para a vida humana seja informada através da Central 156. “A solicitação é repassada às equipes da abordagem social, que vão até o local fazer o trabalho de convencimento e encaminhamento das pessoas até uma unidade de acolhimento ou outros serviços conforme a necessidade”, disse. Durante a Operação Inverno, além do aumento do número de vagas emergenciais de abrigamento, a FAS reforça o número de equipes da abordagem social nas ruas.
Doe Calor
Em um mês de campanha Doe Calor, quase 30 mil peças de roupa foram repassadas à população em situação de risco e vulnerabilidade social de Curitiba. Além disso, 16.114 cobertores novos também foram repassados através da campanha, promovida pela Prefeitura de Curitiba por meio da FAS e do Instituto Pró-Cidadania.
Até o momento, são quase 500 pontos de coleta da campanha espalhados pela cidade e a intenção dessa fase da campanha, quando as temperaturas começam a baixar, é ampliar este número.
“Aumentar os postos de coleta é garantir que mais pessoas saibam da campanha e tenham ainda mais opções para deixar suas doações. Ou seja é uma grande rede de solidariedade”, afirma o supervisor de Ação Social do Pró-Cidadania, Rodolfo Schneider.
Os interessados em transformar seus estabelecimentos comerciais em um ponto de coleta da Doe Calor devem entrar em contato com o Pró-Cidadania através do telefone (41) 3040-1500. O instituto fica responsável pelo encaminhamento do material e também pela coleta das doações.
As doações recebidas são encaminhadas às unidades de acolhimento e aos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), geridos pela FAS, que fazem o repasse a famílias em situação de vulnerabilidade social.
Para conferir os endereços dos pontos de coleta, acesse www.doecalor.com.br.

Nenhum comentário: