Busca

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Temer avança uma casa, mas PF prepara contra-ataque

Por Helena Chagas

Fonte: Portal 247 Brasil


Qualquer previsão pode derreter em horas, porque ainda estamos no reino do imponderável. Mas o traçado do eletrocardiograma da crise nesta segunda traz Michel Temer numa situação mais estável do que dois dias atrás. O movimento do fim de semana, com a troca do pálido Osmar Serraglio pelo energético Torquato Jardim na Justiça, levou importantes observadores da cena que não davam um tostão furado pela sobrevivência de Temer a colocar um ponto de interrogação em seus prognósticos.

A principal razão para a inflexão nas previsões é o trânsito e a capacidade de articulação de Torquato no Judiciário, sobretudo no TSE, corte da qual já fez parte. Como o julgamento da chapa Dilma-Temer é o próximo marco temporal conhecido nesse enredo, já que o presidente deixou claro que não renuncia, não é impossível que se articule um adiamento do desfecho do julga que começa dia 6 mediante pedido de vista. A esta altura do campeonato, duas ou três semanas poderiam ser decisivas para que Temer desse sinais de vida na votação de reformas no Congresso – o que, por sua vez, poderia melhorar seus prognósticos no TSE.

Esse é o script otimista do Planalto, reforçado pela dificuldade das forcas aliadas para se acertarem em torno da substituição de Michel, que vem ficando cada vez mais clara nas últimas horas. Esse roteiro, porém, tem grandes chances também de dar errado, sobretudo a partir de fatos novos que podem aparecer na investigação do MPF e da Polícia Federal que tem o presidente no alvo.
Se o Torquato Jardim tem reconhecida habilidade para tratar com os tribunais, o mesmo não se pode dizer da Polícia Federal. São fortes e insistentes os rumores de substituição do diretor Leandro Daiello, numa operação que visaria a diminuir o ímpeto da Lava Jato, em conjunto com parte do STF e apoio total do Legislativo. O problema é que já vimos esse filme antes, e em quase todos os finais conhecidos a tentativa fracassou, detonada pela reação da opinião pública.

Mais: o contra-ataque da PF e de outros investigadores não costuma ser brincadeira de criança. É por aí que muita gente espera, nas próximas horas, novos vazamentos de documentos, depoimentos e até gravações contra Michel Temer. Emoções pela frente.

Nenhum comentário: