Busca

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

ELE PASSOU DISPARADO DE GLEISI E DE LULA

Sérgio Cabral se torna réu pela 14ª vez na Operação Lava Jato

Um criminoso que quebrou o Rio...

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, se tornou réu pela 14ª vez na Operação Lava Jato. O juiz da 7ª Vara Criminal Federal do Rio, Marcelo Bretas, aceitou as duas denúncias apresentadas nesta terça-feira (8) pelo Ministério Público Federal. Além de Cabral, outras 23 pessoas também viraram réus na ação. Todos os envolvidos foram investigados durante a Operação Ponto Final, que desvendou um esquema criminoso no setor de transportes do estado.

Denúncias

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF-RJ) ofereceu esta terça-feira  mais duas denúncias contra o ex-governador Sérgio Cabral por corrupção ativa e passiva, centenas de crimes de lavagem de dinheiro e contra o sistema financeiro e participação em organização criminosa, envolvendo R$ 144,7 milhões que teriam sido repassados entre julho de 2010 e fevereiro de 2016.

Os procuradores do MPF disseram que as denúncias tiveram como ponto de partida as investigações da 13ª e 14ª operações da força-tarefa da Lava Jato no estado e atingem outros 23 investigados, incluindo empresários e servidores e o ex-presidente do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro), Rogério Onofre.

Os recursos foram repassados ao ex-governador pela Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor), que congrega 10 sindicatos em todo o estado.

Nenhum comentário: