Busca

quarta-feira, 8 de julho de 2015

As mudanças que não chegaram

Crônica do amanhecer

De HS

Suspeito de assalto é amarrado a poste e espancado até a morte no Maranhão... 
O rapaz, que foi agredido com socos, chutes, pedradas e garrafadas, não resistiu e perdeu a vida ainda no local. Ele foi despido e amarrado a um poste. Tiraram-lhe a roupa. Sem as vestes, morreu de pancadas!
A cena de brutalidade ocorreu na segunda-feira, dia 6, no Jardim São Cristóvão, em São Luís, de acordo com informações da assessoria da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA).
No mês de maio, precisamente dia 29, também no Maranhão, na cidade de Vitória do Mearim, em plena via pública, na presença de populares e de policiais, outro homem foi executado com dois tiros na cabeça, crime praticado por um segurança da prefeitura daquela cidade. A vítima, já ferida, deitava imóvel, sem poder de reação, quando recebeu os dois tiros fatais...
Esses dois fatos foram documentados com imagens chocantes...
Onde está o governo que prometeu libertar o Maranhão lutando contra o atraso, contra a violência, contra atos de torturas, contra a perseguição, contra o medo?
A oligarquia de 50 anos acabou no Maranhão. O grupo do senador Sarney perdeu a eleição. Houve festa pela vitória dos que prometeram mudanças... Estamos todos, no entanto, com medo da violência que avançou assustadoramente neste novo governo.
Os novos governantes não sabem o que fazer. Parece que não estavam preparados para este desafio de garantir a paz para todos. Não há um planejamento para o desenvolvimento de uma política de segurança pública no estado...
O Maranhão está pior com o novo governo..., notadamente na área de segurança e no setor da Saúde Pública. Muita gente não está querendo admitir, na esperança de que ainda há tempo para mudança.  
Vivemos um clima de insegurança e incerteza no Maranhão.

Nenhum comentário: