Busca

sábado, 11 de julho de 2015

Luta política é uma coisa, vingança é outra

Perseguição e vingança não levam ao bom caminho.
No caso político - aqui, ali ou em qualquer lugar - quando há vingança a obra do bem desaparece. O debate político é democrático, a vingança é ódio.
Não vou alongar o tema, mesmo por que não conheço as razões do fato, mas divulgarei um texto extraído hoje do face da deputada Andrea Murad acusando o governo do Maranhão de usar a arma da vingança...Leiam: 

Andrea Murad: 


"Foram 16 anos na Secretaria de Saúde, permaneceu no governo José Reinaldo, Jackson Lago e Roseana. A servidora Maria Áurea Silva era a pessoa que fazia o contato com toda a classe política do Maranhão, detentora de um conhecimento insubstituível, era procurada por prefeitos, deputados e demais políticos que precisavam de interlocução com a SES. Jamais governo algum, se inteligência tivesse, desprezaria uma profissional dessa magnitude. Ela é a memória viva da saúde pública no Maranhão.
Demitida de forma arbitrária, sem justificativas, numa decisão totalmente perseguidora por parte de um governador vingativo e sem nenhum sentimento de consideração com uma servidora com tanto tempo de serviços prestados ao Estado. Uma profissional eficiente, admirada por seus companheiros de trabalho, pelas pessoas que precisavam de seus serviços, por isso, servia com dedicação a todos.
Então, agora, após ser demitida por ordem direta do governador, dada ao secretário de saúde através do seu fiel escudeiro Márcio Jerry, eu tenho o prazer de anunciar que dona Áurea, como é carinhosamente chamada, começa a fazer parte da minha equipe na Assembleia."  

Nenhum comentário: