Busca

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Richa recebe presidente do HSBC para tratar sobre o futuro do banco no Paraná


O governador Beto Richa convidou o presidente do HSBC Brasil, André Guilherme Brandão, para uma conversa, nesta quarta-feira (08), no Palácio Iguaçu, sobre o futuro do banco no País. A preocupação do governador é com o anúncio do fim das atividades do HSBC no Brasil, que poderia acarretar perda de mais de 8 mil postos de trabalho no Paraná.

“O Governo do Paraná quer um posicionamento do banco sobre a conservação dos milhares de empregos gerados pelo HSBC em nosso Estado e, também, sobre a manutenção das sedes do banco no Paraná”, explicou Richa. Dos cerca de 21 mil colaboradores do HSBC, aproximadamente 8,5 mil trabalham no Paraná, sendo mais de 7 mil em Curitiba.

“O processo de venda poderá trazer muito impacto aos paranaenses, mas continuamos abertos ao diálogo e, também, nos colocamos como parceiros dos possíveis compradores para que o banco continue presente em nosso Estado”, ressaltou.

“Este processo tem um curso e, como tenho colocado aos nossos colaboradores, não é algo que será decidido do dia para a noite”, afirmou o André Guilherme Brandão. “De qualquer forma, vamos manter o diálogo com o Governo do Estado. Tenho muito a ressaltar sobre a qualidade e a qualificação dos trabalhadores de Curitiba e do Paraná e como esta cidade recebeu bem o HSBC”, afirmou ele.

Nenhum comentário: